10 de março de 2011

Portugal imerso


O mais recente discurso de Cavaco Silva, aos jovens no NRP Sagres, fez-me lembrar o filme "Os Intocáveis" quando, a dada altura, Jim Malon (Sean Connery) disse a um jovem polícia, que os bons frutos (polícias), aqueles que realmente ainda podem ser moldados à luz de uma sociedade respeitadora e geradora de princípios, são os que colhemos directamente da árvore. 
Assim me pareceu Cavaco. Desiludido com os que conduzem os destinos da nação, vira-se para aqueles que, segundo ele e tal como ele, são a única réstia de esperança neste imenso mar de problemas, para onde os Intocáveis que nos governam nos arrastaram.

Sem comentários: